SECRETARIA DE SAÚDE TEM ATENÇÃO ESPECIAL E PRIORIZA A SAÚDE MENTAL

0

Segundo a Organização Mundial de Saúde, a quantidade de casos de depressão cresceu 18% em dez anos, período compreendido entre 2005 e 2015. O Brasil é campeão em casos de depressão na América Latina. Algo em torno de 6% da população brasileira sofre com esse mal, o que corresponde a 11,5 milhões de pessoas, segundo dados da OMS.

Diante desses números alarmantes e da realidade local é que Secretaria Municipal de Saúde de Brasil Novo oferece desde início de abril, atendimentos médicos com a psiquiatra Lorena Lorenzoni. As consultas são realizadas nas três primeiras terças-feiras de cada mês. Após uma triagem com a psicóloga do CAPS o paciente é encaminhado para a psiquiatra.  Quem não é usuário do CAPS necessita passar por uma avaliação com um profissional de enfermagem, com assistente social e psicólogo e, posteriormente também será encaminhado para a médica Lorena Lorenzoni.

Atualmente são realizados cerca de 50 atendimentos por mês. Além disso, a psiquiatra também reavalia laudos técnicos para o INSS, que são exigidos para requerer benefícios previdenciários, conforme a patologia de cada paciente (CID).

Além da depressão, o Brasil também registrou crescimento no número de Transtornos de Ansiedade. Os mais comuns são os transtornos de ansiedade generalizada e síndrome do pânico. Somente em 2015, mais de 18 milhões de pessoas sofriam com transtorno de ansiedade no Brasil.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade