Prefeitura e Comunidade Vão Construir Escola do Laranjal a Partir de Junho

0

Na segunda reunião entre Prefeitura e Comunidade do Assentamento do Laranjal, na Vicinal 21, com a presença da Câmara de Vereadores, ficou definido que até o dia 30 junho será o prazo para que a escola comece a ser construída. “A escola vai ser feita! Acreditem! O próximo ano letivo começa com uma nova Escola. Seja com as madeiras doadas pela Norte Energia, seja pelas madeiras conseguidas com a parceria da comunidade”, afirmou o Prefeito Alexandre Lunelli, com a concordância de todos os presentes.

A reunião ocorreu no sábado, 02/03, na escola Nova Geração e foi convocada pela comunidade que solicitou a ampliação da Escola atual, com a construção de uma escola completa com quatro salas de aula, banheiros, cozinha e secretaria. A construção irá evitar que os alunos se desloquem até a escola na Vicinal 19, na localidade das Malvinas. A construção além de beneficiar a comunidade tambem irá economizar no transporte escolar.

A Secretária de Educação, Marinete Mardegan, esclareceu que só com os recursos da Secretaria não tem como construir. Atualmente estamos com a demanda de reformar a escola Bom Jesus na vicinal 20, de reconstruir a escola Bandeirantes na Vicinal 23 e a construção desta do Laranjal. “Onde a comunidade puder ajudar na parceria é muito melhor. Por que nós na educação trabalhamos com tudo medidinho para tentar atender bem a todos”, destacou.

vereador Pirica representando a Câmara de Vereadores, reforçou a explicação da Secretária e reconheceu as difículdades na educação do município. “Se tirar verba para construir escola, vai faltar para a merenda escolar, para o professor e se construir com parceria vai ser um ganho pra todos”.

O Prefeito leu o ofício da Norte Energia, onde a empresa explica que a serraria começa a funcionar agora em março. Ele reafirmou o compromisso de acompanhar de perto a entrega da madeira. “Vejam só pessoal, eles que nos ofereceram a madeira e nós aproveitamos e pedimos 38 m³ de madeira que dá para construir as três escolas, algumas pontes e refazer a cobertura da garagem dos onibus escolares”.

A Comunidade se mostrou preocupada, mas concordou com o prazo de 30 de junho e aguardará a resposta das madeiras solicitadas para a Norte Energia, se não chegar até este prazo eles vão começar a serrar a madeira .

Outra possibilidade de construir a escola, colocada pelo Prefeito, é conseguir recursos através de emenda parlamentar. “No dia 13 de março, encerra os prazos para os parlamentares  protocolarem as Emendas.  Nós solicitamos para o deputado Priante e o Senador Jader Barbalho R$ 1.200.000 (um milhão e duzentos mil)”, observou o Prefeito. Explicando que neste caso a escola será de alvenaria e se o pedido for atendido os prazos mudarão. “Ai vamos depender da liberação dos recursos”, concluiu o Prefeito.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade