Prefeito Alexandre Lunelli Participa do Acionamento da 14ª Turbina da Usina Hidrelétrica Belo Monte

0

Na quarta-feira (17/07), o Prefeito Alexandre Lunelli participou da cerimônia de acionamento da 14ª turbina da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, como vice-presidente da Associação de Municípios Consórcio Belo Monte (ACBM).

A cerimônia contou com a presença do Ministro de Estado de Minas e Energia, Almirante de Esquadra Bento Albuquerque, do Diretor Geral da Aneel, André Pepitone da Nóbrega, do Presidente da Eletrobrás, Ilson Ferreira, do Senador Zequinha Marinho, do Deputado Federal Joaquim Passarinho, do Presidente da Norte Energia, Paulo Roberto Ribeiro Pinto, do Prefeito de Porto de Moz e Presidente da Associação do Consórcio dos Municípios de Belo Monte, Berg Campos,do Secretário Executivo da ACBM, Jefferson Figueiredo, e diversas autoridades nacionais e da região da Transamazônica e Xingu.

O Prefeito Alexandre Lunelli junto com o Presidente da ACBM, Berg Campos aproveitaram o encontro como Ministro das Minas e Energia para tratar de assuntos regionais como a retomada do Programa de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu (PDRSX) e dos Projetos que estão paralisados. Na ocasião também organizaram a pauta da ACBM e ficou acordada uma viagem a Brasilia para agosto com o objetivo de reunir com a bancada Federal do Pará, para tratar dos problemas que afetam vários municípios como os Projetos Luz Para Todos, a continuidade do asfaltamento da Transamazônica e as emendas parlamentares de 2018.

Com a entrada em operação da 14ª Unidade Geradora da Casa de Força Principal da Usina, Belo Monte passa a dispor de 8.788,5 megawatts (MW) de potência instalada (14 turbinas que alcançam 8.555,4 MW, somadas às seis unidades geradoras da Casa de Força Complementar, que totalizam 233,1 MW), superando a capacidade de geração da Usina de Tucuruí (8.535 MW) e a contribuição da parte brasileira de Itaipu (7.000 MW). Será a conclusão de um ciclo de nove anos de implantação e investimentos estimados em R$ 40 bilhões. Em sua totalidade operacional, a energia gerada pelo empreendimento atenderá a 60 milhões de brasileiros, considerando-se consumo residencial, por meio do Sistema Interligado Nacional (SIN).

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade