Prefeito Alexandre Lunelli Anuncia Entrada no Psc do Senador Zequinha Marinho

0

O prefeito Alexandre Lunelli num jantar com o Senador Zequinha Marinho anunciou sua decisão de entrar para o Partido Social Cristão (PSC). O Prefeito que saiu do Partido dos Trabalhadores, ao qual era filiado há 39 anos, pretende auxiliar a construção do PSC no município, inclusive com a criação de um Diretório em Brasil Novo.

A parceria entre o Prefeito e o Senador Zequinha foi abençoada pelo pastor Manasses Ferreira e acompanhada pelo pastor Joel Mendes, vice-prefeito de Altamira.

O Senador que é também Presidente Estadual do Partido, disse que a entrada do Prefeito está dentro da Proposta de construção Partidária. “Nossa expectativa é que agora você faça o PSC acontecer aqui em Brasil Novo. Temos que pensar que Brasil Novo queremos para daqui 5, 10, 15 20 anos”, afirmou Zequinha Marinho.

O Senador também anunciou um plano audacioso de começar a impulsionar o desenvolvimento do Estado, destravando um dos maiores problemas do Estado, que é a falta de titulação de Terra. ” O PSC tem uma leitura simples, sem rodeio, para começar a resolver o problema das terras sem documento. Vamos listar todos os protocolos de quem deu entrada para titular as terras e aqueles que nunca requereram e começar a buscar solução de cada um,” explicou.

Conforme o Senador, com a titulação de terras o Estado pode atrair investimentos que estão emperrados porque não conseguem tirar uma licença ambiental. “Se liberar 100 projetos destes que estão aguardando liberação, traremos para o Estado mais de 5 milhões de renda e oportunidade de emprego”, destacou.

O Prefeito também faltou das dificuldades atuais do Município com o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) que é muito abaixo, por causa do problema da contagem da população segundo o IBGE, que acaba afetando principalmente no setor da Saúde, com a falta de recursos para o custeio. “Hoje o hospital está aberto e a Saúde sobrevive por causa das emendas parlamentares”, ressaltou Alexandre.

Na área da educação o grande gargalo é o repasse para o transporte escolar que é insuficiente para custear as despesas e o Município tem que complementar. “São 240 Km de estradas vicinais, tem transporte escolar que percorre mais de 80Km por dia”, relatou. A janta ocorreu nesta quinta-feira (01/7), em Brasil Novo, no bairro Cidade Nova.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade